sexta-feira, 15 de maio de 2009

o Homem e a Natureza...





Houve um tempo em que se falava sobre elementais em inúmeras culturas, através de lendas, contos de fadas.
Mas, quem são estes elementais? A definição que encontro é que são seres que controlam e representam os elementos da Natureza!
A tradição oral, que conta suas histórias e não as escreveu fez parte muito tempo em muitas culturas do planeta e foi assim que se contavam as histórias de interação entre o Homem e os elementais.
Histórias que eram vividas em jardins, campos, florestas, plantações e inclusive nos lares daquele tempo.
Mais tarde, muitas destas histórias foram escritas, eu particularmente me lembro de uma coleção de grandes livros com lindos desenhos que enchiam meus sonhos com fantasias e fadas, eram os contos dos irmãos Grimm...
Pena que agora, a sociedade é muito ocupada, o Homem se ocupa tanto que até momentos de lazer nos confundem com trabalho e as histórias que ouvi um dia, que foram lidas pelo meu pai a beira da minha cama não parecem ser um uníssono entre muitos. Uma grande pena...
Assim, perdemos todos, Perdemos a magia e a inteireza da relação do Homem e Natureza.
Afinal , Ela é a casa de todos nós!
Corretas são as diferentes culturas indígenas espalhadas por este mundão de Deus e que ainda mantêm a crença nos elementais exatamente porque vivem ainda uma certa fidelidade a suas culturas.
Ainda muitos da nossa Humanidade vêem a natureza como sua serva.
Quando onde existe servidão era para existir harmonia respeitosa e amorosa entre Homem e Natureza...
Dizem que os elementais se colocam tão distantes de nós quanto nós nos distanciamos deles.
Da mesma forma que ainda existe muito a ser explicado com relação às forças do Universo, muitos seres vivos e dimensões de vida que o Homem moderno ainda nem sequer conseguiu detectar a presença ou mesmo reconheceu permanecem entre nós.

Meu convite é que todos nós possamos nos permitir a:

• Manter flores em seus lares e conversar com elas, cuidando delas com muito carinho e gratidão.
• Plantar árvores!
• Passear pela natureza percebendo quanta vida,alegria e amor há em tudo o que vemos...
Respeitar e amar a Natureza,pois além da beleza que nos circunda, existem minúsculos elementais que mantém esta beleza...
E cada um de nós faz parte de tudo isto!

Permitamos todos :




Observar mais:



• os cheiros repentinos de flores,
• os redemoinhos formados nas águas ou no ar,
• o brilho das águas que correm nos riachos,
• o tilintar do fogo,
• o sopro dos ventos que chegam para acariciar sua pele... E muito mais !



Quando nos permitimos nos abrir a novas experiências mudamos profundamente, gerando assim, novos e mais amplos limites para nossos pensamentos, reações, sentimentos e percepções!



Nosso planeta passa neste momento por muitas mudanças. Nós também.



Qual direção seguir?



A escolha é sua, minha , é de cada um de nós!



Bem, muitos que seguem este blog já sabem, eu acredito em fadas!

( a foto é da minha querida irmã Rosinha que teve o prazer de contemplar esta linda parte da Natureza, o texto é uma adaptação de um pps que fiz e que distribuí para amigos, se quiser receber tb é só avisar!)

Um comentário:

Tia Anita disse...

Carmen,
As histórias aprendidas na sua infância ficaram como que pedrinhas preciosas que mostra este lindo Ser que é V.Também foi o caminho que que adotei na formação dos meu grupo familiar. Não tinha TV. em casa. Os contos de Grimm eram os portais pelo qual as crianças entravam toda noite.Quando meus três filhos aprenderamam a ler já tinham preferências por certas histórias. Nascemos para coexistir com outras vidas deste planeta, e existem implicações esotéricas a essa tendência de nos voltarmos cada vez mais aos nossos jardins e às nossa hortas.Sugestão: Mellie Yyldert, A Magia das Plantas. As Plantas e o seu Relacionamneto Esotérico com o Homem", Ed.Pensamneto, V.pode encontrar pontos que aprofudam mais sua sensibilidade e contato com os seres da Natureza e as Plantas.Ah,Qdo dá eu vou de Bike! Sou (59 anos)amiga da BIKE. Participei do Dia do Desafio 2009/Passeio Ciclistico Corujão do SESC. Estamos juntos!