terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Velas e torcidas



Adoro, simplesmente adoro ver velas acesas.


Se não fosse o risco de incêndio, sempre teria uma delas acesa, duas ou três em minha casa.

E velas de igreja então? Acho lindo aquela coisa de ver que tem gente que tem fé em algo, aquele algo impalpável que pode ser a Luz que faltava a quem procura ajuda.


Fico observando as velas, seus pavios acesos, e fico me imaginando dentro das chamas, cada uma, um pedido, uma aflição, uma vontade de proteção e caminho. E daí, fico numa torcida como se todos os pedidos fossem meus, todas as angústias fossem minhas mesmo e então, peço, peço também com muito coração que tudo que ali é pedido seja alcançado segundo a vontade de Alguém que não vejo, mas confio tanto em sua existência que nem sei!


Torço, torço muito por todas as velinhas como se estas fossem gente, tornam-se meus amigos íntimos e da intimidade de seus corpos viro corpo de vela que busca proteção, caminho, amor...

E daí, sabendo em meu íntimo o que já sei... que se todos fosse felizes enfim, eu também seria dentro deste mundão chamado Terra e assim, todo mundo seria feliz, imagine só que lindeza de se ver!


Meu convite é pra gente começar a torcer, cada um por todo mundo, nem precisa saber das dores, detalhes de almas partidas, nem das profundezas de onde motivamos todas nossas dores... precisamos só é torcer cada um por todo mundo... e a lindeza de se ver vai aparecer na frente de todo mundo, bem do jeito que agora está aparecendo pra você que lê e imagina toda esta transformação em ação...


obs.: a foto é das velas da igreja de Notre Dame, foto minha...

o desejo é que este convite se espalhe como puder neste Natal em nossos corações... mas , não só no Natal, mas sim, em todos os dias de nossas vidas...pra Terra e nós, ficarmos esta lindeza de se ver!

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Por que corre tanto, meu amigo?





Por que corre tanto, meu amigo?


Vejo gente correndo pra todo lado...correndo porque tem pressa...

correndo porque assim, não percebe os detalhes de sua vida.


Gente que corre, corre, ainda mais nestes dias aloprados de final de ano...festas, confraternizações, planos para o futuro mais as angústias de quem não conseguiu nem iniciar o que tinha se proposto pro ano que está findando...


Por que corre tanto, meu amigo?

Ou melhor, do que corre tanto, amigo meu?


Tem gente que corre, corre, mas nem precisa tanto,

simplesmente corre porque quer ficar longe do que lhe causa medo ou aflição,

corre do que não quer sentir ou ver, ou corre para não precisar se decidir se fica ou vai...


Corremos todos muito mais que antes e esta corrida me parece motivada pelo medo de encarar nossos medos, aqueles mesmos medos que poderíamos usar a nosso favor... para mudar em favor de nós mesmos e aos que estão a nossa volta com amor e liberdade e muito respeito por todos envolvidos.


Meu convite pra mim mesma e pra todos nós...

é que paremos um pouco pra ver quem a gente encontra no meio do corre- corre,

quem sabe é alguém que você há tempos não vê..alguém que tem algo pra compartilhar com você, nem que seja um abraço apertado ou mesmo um conselho, ou quem sabe ainda você é quem dará o abraço ou a palavra amiga...


Eu prometo que eu vou ficar atenta aos encontros... e menos propensa a correr... assim, os encontros tão desencontrados que vivemos até aqui

possam todos estes se tornar encontros de Amorosidade e Fraternidade,

daqueles em que estejamos onde estiver,

estaremos de verdade e inteiros com quem estiver a nossa frente...

sem pensar no antes,

sem pensar no depois... inteiros,

compartilhando o que de melhor pudermos compartilhar no HOJE...


vai aí um trecho de livro que recomendo... EU SOU DEUS, MEU DIÁRIO TRANSPESSOAL:


"JOGUE O MEDO FORA! DEIXE-O DISTANTE O SUFICIENTE A PONTO DE FICAR COM PREGUIÇA DE BUSCÁ-LO DE VOLTA. ENFRENTE-O, ELE DESFARSE-A COMO FLOCO DE AÇÚCAR AO SER COLOCADO NA ÁGUA.

SEJA A ÁGUA E APROVEITE O DOCE GOSTO DA LIBERDADE DE UM MEDO A MENOS"


este livro foi escrito por Isabela Martins Machado, uma linda escritora de 20 anos...

você pode achar o livro na Farmácia Mercurial, se você for de São José dos Campos...

se não for..entre em contato... verei se consigo outro modo para colocá-lo em contato com seus distribuidores,ok?

o meu livro..ganhei da tia da autora... mui coruja e com razão.. a Rosana Ortiz... minha amiga de coração e amiga dos anjos vida afora...
OBS: foto é minha de um baita aquário de um restaurante que fui com minha mana Rosinha e seu maridão...

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

All we need is love!



















A cada dia que passa sinto mais a presença daquela canção que dizia... "All we need is love..."





Algo que o menino nascido em Belém já tinha nos dito e muitas religiões, cada uma com sua palavra vem nos trazer.





A cada dia de vida percebo o quanto ainda estou distante desta mensagem de amor, não porque eu queira, ou porque tenha faltado às aulas que me falaram sobre a importância de amar aos outros como a mim mesma... ou antes disto, saber me amar para poder amar os outros...





Não, não faltei a aula alguma, faço ainda até "serão"nestes temas sobre o Amor, mas que é difícil é,né gente?





Quantas vezes me pego julgando o outro?
Se julgo, não estou amando, afinal,
quem ama de modo incondicional,
não julga ao invés disto, aceita e acolhe...
Faz até torcida pela vida do outro,
mas não controla o outro...
e quantas vezes me vi controlando
ou pelo menos tentando ter o controle nas mãos?





Amor, êta sentimento difícil de vivenciar em sua plenitude,
porque deste Amor que falo
não se agregam sentimentos como
inveja, ciúme, raiva, desprezo ou desapego...





E quem já se libertou de tudo isto em sua vida,
que atire a primeira pedra!





Meu convite sincero é que cada vez mais,
mesmo percebendo nossas limitações...


ao invés de vivenciar profundamente a raiva, (por ex.)..


qe possamos ter a raiva (já que ainda não nos libertamos dela...rs)


mas ao mesmo tempo...


logo após possamos refletir algo mais...


o AMOR...


por nós mesmos


e pelo objeto de nossa raiva...





porque então, tenho certeza e tenha a certeza...


que a tal raiva vai embora rapidinho


e a gente fica só com o que realmente precisa


afinal, o que a gente só precisa é AMAR!





ALL WE NEED IS LOVE..ANY WAY!





OBS.: a música... bem nem precisa dizer de quem é,né?


a foto é minha, detalhe de uma bandeja tailandesa... e uma folha... que meu lindo filho Luan me deu... pra mostrar seu amor... em forma de coração...

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

catadores de momentos...

Momentos únicos são aqueles que se não nos permitirmos ver e sentir, puff!!
já se foram.

Quando uma folha cai, em minha mente é como se a Terra parasse... com seu modo gentil para acolhe-a com todo o seu calor.

Momentos únicos aqueles em que do sorriso se vence a dor,

num abraço compartilhamos o amor.

Sou fã destes momentos, aqueles em que definitivamente,

tudo parece fazer tanto sentido
que nada e nem ninguém pode nos arrancar.

Vivi momentos assim em toda a minha vida e ouvi pessoas falando de seus momentos, bem como já li muitos outros momentos de folha cair.

Ainda vivo momentos aqui e agora

ainda ouço pessoas compartilhando-me seus momentos
e isto é tão mágico porque me sinto,
(em minha imaginação muito infantil )
a catadora de momentos únicos!

Sei que vocês todos também já viveram muitos destes momentos!


Meu convite é simples, sejamos todos, cada vez mais,


catadores de momentos únicos,


catadores de folhas caindo...

e possamos todos compartilhar destes momentos
com quem quiser nos ouvir ou nos ler...

Obs.: esta foto é da minha linda irmã Rosinha...
que tem tantos momentos de folha cair que nem consegue se decidir qual será a foto do seu fundo de tela...
Esta foto faz parte de nossa história: dela,
da minha irmã Juliana
e minha...
nossos risos, choros, encontros e desencontros, brindes pela vida e pela união e pelo perdão... tudo isto está aí, neste momento da folha que cai.

obs :ops, acabei de saber que a autoria da foto é da Juliana... ela vai ficar doida...
aí, Ju, a foto é sua, mas vc bem sabe que a inspiração das folhas caindo começou mesmo com a Rosinha...em nosso tour das 3! eheheh

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

entre caminhos e a natureza...


Entre caminhos do caminho, a natureza sempre é o que me acolhe com mais amor e beleza, esta beleza inegável é maior e mais intensa e mais tocante que qualquer obra secular que o homem já fez neste planeta, tenho certeza.


É certo que muitos locais sao mágicos, cada um tem seu local, também tenho os meus entre antigos e novos, aqueles que procuro pra me reequilibrar, aqueles que procuro pra me preencher ou pra me entender, mas a natureza, ela mesma está sempre por perto...


Que possamos todos a cada dia, procurar na natureza esta completude, este equilíbrio, esta lembrança de quem somos nós em nossas essencias, este é meu convite.


A foto é do interior da França... canal do Midi...
viagem que mais uma vez me mostrou e ensinou os ciclos da vida, através das folhas das árvores...

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

a energia feminina a nossa volta



Não adianta, eu tenho este péssimo bom hábito de me emocionar com multidões de um só, quanto mais quando posso se reúnemm por algo que acreditam, quer seja de cunho religioso ou não. Óbviamente que me refiro a grupos pacíficos, pois sou da Paz, apesar de meus arroubos de desarmonia interior que vez por outra acabo exteriorizando, mas juro que tento melhorar cada vez mais para o meu bem e para o bem de todos que convivem comigo!

Bem, hoje foi um destes dias emocionantes. Dia de procissão num trecho do Rio Paraíba, trecho pequeno mas cheio de comoção, fé e boa vontade, regado por pétalas de rosa, vivas, palmas e corações emocionados.

A energia da Grande Mãe faz isto com a gente. Não importa onde ela esteja represenada e nem como. A energia feminina do Divino está em muitas religiões do planeta, é só olhar ao redor que percebemos isto.

Mas, não é preciso ser religioso ou ter religião para ter a energia feminina personificada no corpo de uma avó, mãe, filha, tia, vizinha, amiga ou companheira, é só se manter de coração aberto que se reconhece uma destas em nossas vidas e se sortudos formos e abertos a isto, mais que uma até!

Nossa Senhora é uma delas em minha vida. Antes mesmo de eu sair pro mundão , fui prometida a ela em troca de proteção até que o nascimento fosse bem sucedido. Eu lá sem saber dentro da barriga da mamãe já tinha compromisso assumido em altar.

Ao nascer fui bem nascida em lua cheia digníssima de Mãe Maria e plena de Luz em proteção de seu manto. Fui bater em altar sagrado assim que tive saúde o suficiente munida de madrinha, padrinho, meu pai, irmã e minha mãe que sempre disse que promessa é dívida.

Fui batizada assim, na igrejinha de N. Sra Aparecida em Aparecida, cidade que agora tem catedral enorme e uma penca e mais mil de fiéis peregrinadores.

Hoje, como há anos tem acontecido, estive na ponte com a família a aguardar a procissão de barcos e sorrisos e da imagem da santa.

A espera era como criança que aguarda Papai Noel e neste caso era a espera por barcos aparecidos em curva do rio, singelos, cheidos de história, folclore e esperança.

Só por hoje sou feliz por ter participado de mais este evento simbólico na superfície de nosso querido planeta que para mim e muitos é também mais uma grande energia feminina que nos acolhe e nos nutre, a querida Mãe Gaia!

O convite é este, abra seu coração e perceba esta energia feminina que nos acolhe, protege , nutre, nos cria e nos ensina a fazer o mesmo em muitos sentidos.


obs.: foto de Nayara Monteiro

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

dias cinzentos...


Dias cinzentos e parados é o que temos visto nesta primavera brasileira em muitos locais por aí afora.

Aí, encontro uma amiga que mora longe e diz, nossa que dia parado está por aqui e eu digo, é por aqui é a mesma coisa.

No café da manhã, minha mãe diz, nossa que dia parado, está me dando um sei lá o quê.
E eu, é... deve ser algo do momento.
Meu padrasto a mesma coisa, vem e me diz, acordei com uma tristeza hoje, mas não estou triste.
E eu digo, é, vamos ficar alertas ao que pode estar acontecendo neste mundão afora...

Isto foi na segunda passada, desculpem o atraso, mas resolvi respeitar o momento parado, parado pra nós do lado de cá, porque pelo lado de lá, muita terra tremeu, águas nervosas se rebelaram reclamando da falta de calmaria e muitas vidas de muitos seres humanos mudou radicalmente mais uma vez...

Fiquei pensando nisto, nos dias parados, na tristeza que dá e não é da gente, no nublado cinzento que cobre a cidade e que não é só poluição não, é mesmo chuva que se recusa a cair e aguarda pra daqui a pouco.

Atrás da massa de nuvens, há de ter milhares de anjos, seres de Luz ou guias espirituais, chame como quiser. É nisto que acredito.

Atrás das nuvens há de ter milhares deles torcendo por nós e enviando uma mensagem subliminar:

Parem um pouco meninos e meninas aí de baixo.
Percebam que o dia pára exatamente para que vocês entrem no mesmo ritmo!
Parem e se observem!
É preciso tudo isto mesmo para viver?
Esta correria toda e tanto pensamento como um rodamoinho dentro de vocês?
Parem e entrem na sintonia da freqüência deste dia parado
e procurem aí dentro de vocês o que lhes é realmente caro e querido e
sigam então, numa nova freqüência pela vida afora...

Hoje parece que pode ser diferente, o sol ardidinho já está encarando as possibilidades de um novo dia (pelo menos onde estou),
mas por detrás das nuvens, em minha imaginação,ainda estão todos lá, torcendo por nós, até que a gente acorde e mais gente ainda acorde também pra vida gostosa que podemos ter de verdade dentro de nós e fora também!
obs.: se puder, guarde este momento de um minuto e
visualize estes seres de Luz...
envie-os para os locais onde há dor , mundanças por cataclismas e reconstrução forçada...
visualize estes seres de Luz lá , acolhendo os que se foram...
acolhendo os que ficaram...
para que tudo seja minimizado no potencial de Amor
que Eles podem compartilhar com todos nós!

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

meditando o equinócio da primavera...

Hoje tive o grande prazer de meditar e celebrar o equinócio da primavera.

Apesar do dia cinzento, chuvoso, apesar das intempéries e correrias que se apresentam em nossos dias, apesar dos desencontros entre as pessoas que se amam, a primavera está aí.

A primavera é.

Fizemos uma meditação muito simples e rapidinha e deixo aqui a dica para que todos possam ter esta experiência:

Colocamos uma flor no centro da mesa, digo mesa porque no nosso caso, estávamos numa mesa para também, celebrar o aniversário de nossa irmã....

Bem, o importante é a flor na sua frente.

Sente confortavelmente e olhe bem para a flor, olhe seus detalhes e então, calmamente, feche seus olhos e traga da sua mente alguém que possa ser o seu guia neste passeio.

Pode ser uma pessoa amiga, seu anjo da guarda, uma fadinha ou gnomo e assim que alguém se apresentar para ir com você, vá!

Se ninguém se apresentar, vá assim mesmo, peça permissão à linda flor e vá.

Passeie dentro dela, em seu caule, dentro dele mesmo, entre as folhas, entre dentro das flores abertas , semi- abertas e as ainda em botão.

Sinta a temperatura deste passeio, sinta o sentimento que a planta tem a cada processo de se abrir em flor. Sinta a força da gestação de uma flor...

Só cuidado para não querer ficar lá pra sempre, porque devo confessar que quem fez o passeio sentiu muita coisa gostosa e um grande AMOR que a planta transmite para quem quiser se sintonizar com ela...

Se quiser, escreva contando como foi sua experiência...

Fica então, este convite a todos, convite nada comum, mas delicioso, de celebrar a primavera bem dentro de uma flor!

obs.: a foto é da minha irmã Rosa, que como flor que é , na primavera não poderia faltar e me passou, há tempos, esta foto de seu passeio no jardim de Monet...

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

venho aprendendo que momentos mágicos...


Venho aprendendo que momentos mágicos em nossas vidas são momentos que nos permitimos viver plenamente segundo nossos corações.

Vivi mais um destes momentos ontem, no dia 9 9 9 , depois que fiz o convite para algumas pessoas a fim de meditarmos juntos pelos cristais da Terra e pela Luz e Amor em nosso planeta e em nós.


Aconteceu que a partir daí, fui vendo pessoas chegando, pessoas que conhecia, outras que desconhecia e que, através das sutilezas, reconheci nelas todas algo doce de amizade .

Compartilharmos esta magia é algo possível na vida de cada um de nós.

Só é preciso nos dar o tempo e nos permitir vivenciar estas possibilidades que nos aguardam a cada esquina.

É preciso se permitir parar ...



e só então, abrir os olhos. ..



e só assim, abrir nossos corações.

Hoje quero agradecer aqui a todos que estiveram comigo, me fazendo mais plena e feliz, vivendo mais um momento mágico de união e confraternização, de um modo diferente, não união comum com o objetivo de badalar por aí, mas para nos centrar em nossos corações pela paz e harmonia em todos nós!

A foto é minha, uma lembrança da harmonia e beleza de terra, céu e mar...


obs.: e sabe o que é engraçado? quem não pôde estar fisicamente, mesmo assim, senti suas intenções de presença e união e isto foi também mágico e doce!

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

A vida é feita de encontros...

A vida é feita de encontros, embora haja tantos desencontros pela vida, já dizia o poeta.

A gente percebe nas esquinas de nossas vidas encontros, encontros de idéias, de sentimentos e de pessoas.

Mas, nesta vida corrida, a tal corrida virtual por algo que ninguém sabe bem ao que corre, pois corremos , corremos e depois , se acharmos o tal podium , talvez aí percebamos que tenhamos que correr mais, pra outro lado, atrás de algo que não vimos no caminho, e que infelizmente , esteve lá o tempo todo.

Certa vez li algo sobre o virtual da vida moderna.
Encontros que são tão rápidos e virtuais, mesmo entre amigos que se trocam e-mails “encaminhados” que se o mesmo amigo nos procurar , ao vivo e em cores, pedindo auxílio, é capaz de não percebermos, não nos sentirmos tocados pelo sentimento de acolhida. Tal tem sido o vício da virtualidade e da frieza das e nas relações.

Isto me fez pensar, pois não concebo a máquina a frente do homem.
Adoro a modernidade, apesar de não ser tão íntima dela como deveria, mas adoro mais um abraço de um amigo, um sorriso, uma conversa mesmo que apressada em meio a tantos afazeres.

A vida é feita de encontros sim, basta estarmos sinceramente abertos a eles.

O Grande Universo nos envia muitos encontros dia afora. Basta estarmos abertos para o abraço.

O Grande Universo nos envia muitos encontros repetitivos até que a ficha de alguém caia e ambas as partes se abram a questão: “Afinal, o que tem acontecido para toda esquina, semanalmente, eu cruzar com tal pessoa?”

Estou aberta aos encontros. Encontros de reconciliação, encontros de saudades, encontros pra dizer “ há quanto tempo, meu amigo!”, encontros pra saudar os avanços de cada um, encontros pra rir de todos os erros que não mais cometemos ou dos que ainda repetimos, encontros pra dizer "eu amo você" e seguirmos em frente felizes porque somos capazes de amar de coração e ação.

Este é meu convite, abra-se você também aos encontros que o Grande Universo te presenteia.

Sejamos todos mais humanos que virtualmente frios e distantes do que realmente importa nesta vida.


Afinal, o caminho é o que importa e o caminho é feito de encontros.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

momentos em paz são momentos buscados por todos nós...

Momentos em paz são momentos buscados por todos nós, mas a busca maior com certeza é nos tornarmos a paz, pois quando formos a paz, não haverá necessidade de buscar a paz no que é externo.

Seremos Paz e pronto e ponto final!

Enquanto isto, práticas pela Paz são sempre bem recebidas nos corações de muitos, no meu coração adianto que com certeza, momentos destes são mágicos sempre.

Ontem foi um destes momentos, mulheres unidas numa roda em conexão com a Paz.

O convite foi feito, foi aceito e lá estávamos minha filha e eu, num momento pela Paz.

Só isto já seria o suficiente para desfrutar deste momento com muita emoção, pois, ter a alegria da presença de uma filha numa prática pela Paz no Mundo já é demais, não?

Entoamos mantras, todas nós unidas na concepção e anseio da Paz.

Cantamos e dançamos em roda, danças circulares pela Paz.

Cada um vivencia experiências ímpares e de grande valor e emoção em suas vidas, tenho certeza disto.

Meu convite hoje é que todos nós possamos também vivenciar conscientemente práticas da Paz e pela Paz a cada dia de nossas vidas!

Manifestemos todos a nossa Paz!

Obs.: este lindo e especial momento vivenciado foi através de um convite que recebi da Bárbara que me fez poder chegar à Roda e Meditação pela Paz organizadas por Tânia Zillio e Zuma Pavitra de São José dos Campos.


Este encontro pela Paz foi conectado em nossos corações ao II Festival Mundial da Paz que se realizará em Goiânia neste início de Setembro de 2009.

Mais informações a respeito do II Festival Mundial da Paz, entrem no site:

www.festivalmundialdapaz.org.br
www.caminhadamundialdapaz.ning.com
http://festivalmundialdapaz2.ning.com/

Pra mim, a Paz tem um gostinho doce, e pra você?







domingo, 16 de agosto de 2009

Meu inimigo maior é...

Meu inimigo maior é meu pensamento.
Esta conclusão não é nada nova, eu sei, pois já ouvi da boca de muita gente e já li de outras tantas.

Einstein, aquele lá, danado de esperto, dizia que enquanto pensava, nada concluía e quando parava de pensar, aí sim a solução de seus problemas chegava à sua mente.

Quando li a frase de Einstein, pensei, é claro, é no vazio que conseguimos conectar o nosso "Universo Interior", o "Eu Superior", o "Eu que tudo sabe e tudo vê", ou o nome que você quiser dar para este momentum que é perfeito dentro de nós.


Eu tive um amigo nesta vida que dizia que jogaria pro Universo suas angústias que pareciam sem solução. O Universo que desse um jeito,pensava eu quando o ouvia falar assim.


Eu achava graça dele ser tão sábio sem perceber, pois com sua atitude, ele decretava o fim do pensamento inútil atrás da resposta e o início do momentum em sua vida, e na minha também, sem nem ele nem eu imaginarmos tudo isto naquele instante...

E é provavelmente, acredito eu,neste momentum que nossas preces mais sinceras chegam aos anjos que então, nos respondem sussurrando as soluções e caminhos.

Ou mesmo, é neste momentum que chegamos ao ponto de sermos Unos com toda a Verdade e todo o Tempo, assim, nada mais é angustiante ou amedrontador, e pra tudo enfim sabemos a resposta!

E olha que, só recebemos estas respostas quando nossas mentes não estão cheias destes tantos burburinhos da vida que insistimos em colecionar dentro de nossas cabeças!

Meu maior inimigo é sem dúvida meu pensamento e quando você perceber que seu pensamento também prega mil peças em sua mente, verá que é dele que também deveria se afastar com carinho e não de seus falsos inimigos externos.

Meu convite hoje é acharmos este momentum dentro de nós cada vez mais frequentemente, para nos permitir sermos felizes e vivermos, enfim, em paz.


obs.: a foto é minha do O pensador, de Rodin, do Museu Rodin- Paris

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Tem gente que é bonito sem ser...


Observando as pessoas, a gente percebe, tem gente que brilha, é bonito, às vezes sem nem corresponder aos padrões de beleza
que a mídia vende...

Aí, alguns olham e se questionam:

“E por que será?”

Para mim, cada vez mais observo que estas pessoas belas e brilhantes são aquelas que estão alinhadas ao seu propósito de vida.

Propósito de vida : Aquele tal “caminho” que antes de nascer devem ter se proposto a percorrer e, por razões inúmeras de sorte, intuição, anjo da guarda, merecimento, alinhamento de boas intenções ou sei lá, eles chegam no caminho proposto facilmente e o percorrem sem dúvidas, afinal, no seu íntimo, sabem que estão no lugar certo fazendo o que deveriam, mas não porque a sociedade os impõe isto, mas sim, porque sabem que estão certos em seus corações!

Missão de vida parece coisa pra santos, mas não é, no fundo, é a mesma coisa que o tal propósito de vida que citei acima e este tal propósito é mesmo o objetivo real de cada um de nós quando viemos pra este nosso planetinha Terra, pelo menos assim vejo a questão.

Fazer e seguir o que está em nossos corações, este é meu convite para que todos nós brilhemos e sejamos belos de verdade!

Porque assim é que a vida flui,é assim que estaremos alinhados com a abundância divina que está aí neste mundão pra todo mundo e enfim, é quando o viver vira uma brincadeira de criança...

E quando tudo virar uma grande roda de gente bela e brilhante... a Terra estará alinhada com o seu propósito de vida...

que "responsa" a nossa, hein?

obs.: a foto é da minha filhota Janaína

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

meu sonho é que sejamos todos felizes ...


A vida passa num instante e num instante ela se faz.

A vida é e não deixa dúvidas, nós é que duvidamos de nosso ser e estar.

Somos amados? Somos competentes? Somos felizes ou não?

Estaremos no caminho certo?


Estaremos juntos no mesmo objetivo ou não?

Dúvidas a parte, a vida não deixa dúvidas de que tudo passa e tudo se transforma e que o sonho é , muitas vezes, mais forte que a realidade que nos encontra depois da noite vivida.

Meu sonho é que sejamos todos felizes, juntos num só objetivo e que possamos todos aprender de uma vez para sempre, que o perdão é primo irmão do amor e que sem perdão, não há libertação de tudo o que nos oprime.

Pois, somos oprimidos por tudo o que não perdoamos e assim, somos as vítimas de nós mesmos seguindo com correntes desnecessárias pelo mundão afora ...


seguindo com o coração todo ferido para sempre pois, é isto o que "ganho" quando julgo a mim mesma ou julgo o outro ...




E é nesta toda opressão que o amor se transforma em ódio...

quanta bobagem! quanta perda de tempo e quanta perda de oportunidade!

Queiramos todos a felicidade da liberdade verdadeira.

Queiramos todos nos perdoar do que não pudemos fazer algum dia de melhor para nós mesmos ou pra quem estava ao nosso lado.

Paciência, né?? E paciência é também um ato de amor...




Nem sempre temos a capacidade de dar mais do que podemos.

Como nem sempre o outro consegue dar o que esperamos

que ele nos dê.




Saber entender nossos limites e nos amar exatamente por termos limites também é uma sabedoria e das mais interessantes:

Se ontem não pude perceber minha falta ou o momento de ajudar melhor alguém...mas se hoje percebo esta limitação, tenho certeza que se me deparar novamente com situação similar serei melhor e é isto que importa e isto , é um sinal de amor por mim mesma e também um sinal de evolução e não tá bom assim?




Se ontem o outro não foi o que eu esperava, paciência, ele foi o que podia ser e não é assim comigo também tantas outras vezes e em tantas e outras situações?




meu convite então é este:


Amar,Perdoar, Libertar e Viver feliz para sempre!


(como nos contos de fadas...)

domingo, 12 de julho de 2009

a música que nos retorna ao templo



Esta é uma das melodias que me toca a alma.

Não exatamente

a que ouve neste instante,

mas outra...

Não me lembro quando a ouvi, ou talvez me lembre, de todos os detalhes...

Mas, não importam muito mais os detalhes e sim, que ela permaneça depois de tanto tempo em meu templo e que eu possa retornar nele sempre que quiser ouvindo novamente estas notas musicais e sentir sua intensidade em meu coração.

“I’ll always go back to that church” este o nome da linda melodia , que faz parte da trilha sonora do filme O paciente Inglês.

A cena onde ela é tocada é também lindíssima, só por ela já vale o filme.

Meu convite é que você se deixe ser tocado por esta música , que se deixe imaginar como eu imagino que os anjos vêm tocar meu coração e tocando-o abrem a câmara secreta onde é meu templo... que o seu coração também seja assim tocado!

Ou que você possa buscar músicas em sua vida que também o façam retornar ao seu templo e, assim, se sentir vivo, profundo e feliz.

Obs1: Esta música especialmente como me marcou você encontra no álbum : O paciente Inglês
artista: Harry Rabinowitz/ Academy of St Martin in the fields
música: I’ll always go back to that church



obs2: pena que não a achei no playlist pra poder colocá-la tb no blog...pois seria interessante se pudessem ouvir sua linda melodia ao mesmo tempo em que lêem este.


obs3: na radio uol dá pra ter uma "palhinha" dela... :)

sábado, 4 de julho de 2009

Tem tempo dentro do tempo...


Tem tempo dentro do tempo que a gente vive nesta Terrinha que dá vontade de parar e sair do bonde...

Isto passa, como o tal bonde sempre passa.

Tudo passa nesta vida, minha filha, dizia minha avó.

Só o tempo pra resolver as feridas, dizia minha sogra.

Sábias mulheres com sabedoria de todos os tempos.

Hoje ou aliás, estes tempos, ando querendo ser gata.

Deitar espreguiçar de vez em quando, meditar no segundo que não passa porque viverei então, só no presente.

Muita mulher vem falar comigo ultimamente querendo só crochetar, tricotar, curtir as coisas mais simples da vida de mulher, dentro da casa, sentadinha no sofá.
Homem vem dizer que quer só ficar no sofá vendo tv, comprar o pão na padaria e passear com seu cachorro ... E, se nada diz, a gente vê nos olhos que ele não aguenta mais e tudo o que quer é uma casinha no campo...

Não importa muito o que querem, importa que no final é tudo a mesma coisa.

Quando ouço isto, sinto que mais gente quer também recuar, não da vida, mas do ritmo insano que nos propusemos e nem mais sabemos a razão...

Este ritmo não é só de trabalho, aquele tal que dizem, dignifica o homem, mas é também o ritmo dos pensamentos que não páram um segundo de rodar dentro de suas cabeças.

E tem também o tal ritmo das emoções, principalmente as mágoas em vão que colecionamos , mas daí, é tanto pano pra manga de conversa que é melhor nem eu começar, outro dia, quem sabe..

Paremos todos um pouco.

Nada será perdido, o dia correrá e a noite virá lotada de estrelas...
Paremos um pouco para meditar e sermos naquele segundo,
o segundo que nos une ao que interessa da nossa essência.


obs.: a gata da foto é Ariel,
a fotógrafa é a Nayara do blog Cahenahshow.blogspot.com

terça-feira, 16 de junho de 2009

Escolha seu melhor momento!

Se tivesse que escolher um único momento memorável da sua inteira vida assim que chegasse lá do outro lado, do outro lado do véu que separa a vida daqui como conhecemos e a vida do lado de lá , da qual pouco lembramos... o que seria?

Pense bem, pois seria realmente um único momento maravilhoso que você tivesse vivido e este único momento seria o tal que você iria viver e reviver para o resto da sua vida lá do outro lado...

Este é o tema de um filme que assisti nesta semana e que me fez rememorar muitos momentos que vivi.

Que difícil saber qual teria sido o melhor, né?

E dependendo do momento que vivemos hoje, não é tão fácil assim acessar momentos passados que sejam melhores que o atual...nem sempre por estarmos no melhor dos momentos, mas muito pelo contrário...

De toda maneira, é só puxar a cordinha que a gaveta dos bons momentos vividos se abre e daí, um monte deles vem até nós...

Eu mesma me lembrei de um tão antigo... era eu lá de vestidinho e blusinha branca rolê por baixo, escorregando num grande escorregador de madeira de um não menos grande hotel das férias de então...

Nossa, que delícia que foi passear neste tempo e ter a exata sensação que eu tive, foi a possibilidade de lá estar novamente!

Outros momentos vieram aos borbotões depois desta lembrança ...uns admirando meus filhos, outros com meus pais, irmãos, companheiro, amigos... enfim... foi uma bela passeada e não pude deixar de sorrir sozinha...

O convite pra todos nós é este ... que possamos ir até lá buscar cada um seus bons momentos, ou quem sabe até perceber que vivemos estes momentos aqui e agora...


Sorria comigo e assim, sorriremos todos juntos!

O filme é o AFTER LIFE, de Hirokazu Kore – Eda, que recomendo aos cinéfilos de plantão que gostam daquele filme paradão, mas cheio de conteúdo profundo pra gente refletir.


A foto é da minha filha Janaína... e quem não acha que comer salada de fruta é bom demais?

sábado, 30 de maio de 2009

marcas pelos caminhos...

Passo aqui só pra dizer que fazer a diferença é a grande diferença.

Um dia, um amigo me disse o quanto marcamos as pessoas e muito conversamos a respeito, a partir de nossas marcas...

Assim foi nossa amizade, cheia de marcas boas e ruins, mas que se mantiveram de alguma maneira em nossos corações, assim imagino...

Nesta semana, um simples gesto de um grupo de amigas me marcou, um presente simbólico do cuidado e do acolher, elas sabem do que falo... e agradeço muito por isto pois, se assim ganhei , assim precisei e o Grande Universo me respondeu com muito carinho através delas...

Outra amiga distante fisicamente, mas muito próxima, com seu cuidado e interesse tem me feito lindas marcas... ela também sabe do que digo...

Um simples telefonema, um sorriso, uma cartinha, ou o moderno mas nem tanto email, ou mesmo uma visitinha ou lembrancinha inesperados...podem sim, fazer a diferença nas marcas que lançamos na vida de cada um...e tenho colhido muitas lindas marcas neste caminho, como se estivesse mesmo colhendo flores de um lindo jardim infinito.

Assim, a vida corre, cheia de marcas pra todos os lados.

A gente que não seja bobo de ignorar o quanto marcamos as pessoas com nossos atos, pensamentos, sentimentos, ou mesmo quando simplesmente nos posicionamos com o abandono, a repulsa, a agressividade, a incompreensão, a indiferença ou a ignorância...

O que dizer a respeito?

Que as marcas em nossos caminhos (aquelas que recebemos e aquelas que fazemos) sejam cada vez mais positivas, cheias de calor humano, cuidado, incentivo, acolhimento,respeito, sentido e sentimento, enfim, cheias de AMOR!


obs.: a foto é mais uma da minha irmã que viaja por aí... linda foto , né?

sábado, 23 de maio de 2009

a vida brilha lá fora...




A vida brilha lá fora e aqui dentro também.

Apesar das dores que sentimos muitas das vezes, dores que surgem dentro e fora de nós...

A vida ainda é bela, como é sempre bela a ilha que tanto amo estar.

Momentos existem em que achamos não poder mais sobreviver tamanha a dor.

Estes são os mesmos momentos que fazem com que imensas alegrias vividas nos façam pensar que não somos merecedores delas, da mesma forma quando pensamos não merecer a dor que sentimos algumas vezes.

Meu convite hoje é curto e simples, mais que um convite, é um sonho meu...

Que nossas vidas sejam mais harmoniosas e que momentos de Alegria plena sejam nossos todos minutos de vida, assim como respiramos sem parar enquanto vivemos.

Se merecemos todos o dom da Respiração, merecemos também a Alegria de Viver, independente do que vivamos...

Tudo passará e será possível viver a Alegria novamente.

Tudo isto por quê?

Porque sempre fomos assim.

Todos passamos por muitas e profundas dores, mas somos todos capazes de nos renovar e sorrir novamente, novamente e novamente.... até a nossa última inspiração...

Mas o sonho é que só a Alegria permaneça e que seja uma Alegria conscientemente presente, sem a necessidade da escuridão...

Meu outro convite é que possamos neste instante, fazer uma breve oração, vibração, torcida, pensamento... para os que neste momento vivenciam dores que imaginam não serem mais capazes de viver a partir dali...




Que possamos enviar a Alegria e Esperança necessária pra que estes que sofrem agora tenham forças pra seguir adiante...



Façamos todos então, uma corrente... de Alegria e Amor... trazendo Esperança pra todos que vivem conosco em nosso planetinha Terra!



DEIXO AQUI UMA DICA SOBRE CELULARES E ECOLOGIA...



Vc sabia que:




  • a cada ano que usa o celular, você deveria plantar uma árvore para compensar os gases causadores do efeito estufa emitidos no uso do aparelho?




  • e que um SMS, a tal mensagem de texto do celular tem um impacto ambiental 30 vezes menor que 5 minutos de conversa pelo aparelho? isto porque quanto maior o tempo que você usa seu aparelho celular, maior energia é usada para transmitir os dados...



  • e que 85% do impacto de um celular está na sua fabricação?Melhor pensar mais no planeta na hora de trocar de novo de aparelho...

fonte dos dados acima: Jornal Folha de S.Paulo,



obs. a foto é da minha irmã ... que viaja neste mundão afora trazendo alegria em suas fotos pra todos nós!

sexta-feira, 15 de maio de 2009

o Homem e a Natureza...





Houve um tempo em que se falava sobre elementais em inúmeras culturas, através de lendas, contos de fadas.
Mas, quem são estes elementais? A definição que encontro é que são seres que controlam e representam os elementos da Natureza!
A tradição oral, que conta suas histórias e não as escreveu fez parte muito tempo em muitas culturas do planeta e foi assim que se contavam as histórias de interação entre o Homem e os elementais.
Histórias que eram vividas em jardins, campos, florestas, plantações e inclusive nos lares daquele tempo.
Mais tarde, muitas destas histórias foram escritas, eu particularmente me lembro de uma coleção de grandes livros com lindos desenhos que enchiam meus sonhos com fantasias e fadas, eram os contos dos irmãos Grimm...
Pena que agora, a sociedade é muito ocupada, o Homem se ocupa tanto que até momentos de lazer nos confundem com trabalho e as histórias que ouvi um dia, que foram lidas pelo meu pai a beira da minha cama não parecem ser um uníssono entre muitos. Uma grande pena...
Assim, perdemos todos, Perdemos a magia e a inteireza da relação do Homem e Natureza.
Afinal , Ela é a casa de todos nós!
Corretas são as diferentes culturas indígenas espalhadas por este mundão de Deus e que ainda mantêm a crença nos elementais exatamente porque vivem ainda uma certa fidelidade a suas culturas.
Ainda muitos da nossa Humanidade vêem a natureza como sua serva.
Quando onde existe servidão era para existir harmonia respeitosa e amorosa entre Homem e Natureza...
Dizem que os elementais se colocam tão distantes de nós quanto nós nos distanciamos deles.
Da mesma forma que ainda existe muito a ser explicado com relação às forças do Universo, muitos seres vivos e dimensões de vida que o Homem moderno ainda nem sequer conseguiu detectar a presença ou mesmo reconheceu permanecem entre nós.

Meu convite é que todos nós possamos nos permitir a:

• Manter flores em seus lares e conversar com elas, cuidando delas com muito carinho e gratidão.
• Plantar árvores!
• Passear pela natureza percebendo quanta vida,alegria e amor há em tudo o que vemos...
Respeitar e amar a Natureza,pois além da beleza que nos circunda, existem minúsculos elementais que mantém esta beleza...
E cada um de nós faz parte de tudo isto!

Permitamos todos :




Observar mais:



• os cheiros repentinos de flores,
• os redemoinhos formados nas águas ou no ar,
• o brilho das águas que correm nos riachos,
• o tilintar do fogo,
• o sopro dos ventos que chegam para acariciar sua pele... E muito mais !



Quando nos permitimos nos abrir a novas experiências mudamos profundamente, gerando assim, novos e mais amplos limites para nossos pensamentos, reações, sentimentos e percepções!



Nosso planeta passa neste momento por muitas mudanças. Nós também.



Qual direção seguir?



A escolha é sua, minha , é de cada um de nós!



Bem, muitos que seguem este blog já sabem, eu acredito em fadas!

( a foto é da minha querida irmã Rosinha que teve o prazer de contemplar esta linda parte da Natureza, o texto é uma adaptação de um pps que fiz e que distribuí para amigos, se quiser receber tb é só avisar!)

sábado, 9 de maio de 2009

ok, confesso que nestes dias de repouso forçado...

Ok, confesso que nestes dias de repouso forçado, fui capaz quase de subir pelas paredes como se fosse uma mulher-aranha ou coisa e tal.

Parece gostoso de vez em quando sair da rotina pra ficar em casa, mas como boa sagitariana que não pára nunca em casa, sempre por aí na lida do dia ou viajando mesmo, ficar tantos dias em casa de molho acabou me enchendo um tanto.

Depois de brigar que nem bicho com a situação sem saída , resolvi usar da teoria que estudo para a prática da vida.

Resolvi trabalhar a resignação e curtir o momento como uma parada merecida para arejar a mente e o corpo.

Uma vez conheci uma pessoa que sempre me dizia que não fazia isto ou aquilo por falta de tempo, sempre muito ocupado com o trabalho.

Sempre olhei isto com estranheza, ao mesmo tempo achava ser um tanto desculpa esfarrapada da parte dele para não parar e pensar na própria vida.

Vejo-me então, em semelhante situação.

Sempre tão ativa indo e vindo, no momento da pausa forçada me estranho.

Nada como um dia atrás do outro e uma noite de permeio pra ver que somos humanos e cometemos os mesmos erros, o que muda é só o endereço. Há de se praticar a auto compaixão e o auto perdão, meus caros!

Como resolvi relaxar na situação que não tem saída imediata, comecei a olhar em volta, a casa que me abriga , o canto dos pássaros, os detalhes que foram surgindo em cada diferente momento desta família e dos amigos que passaram por esta mesma casa.

Fui ficando cada vez mais apaixonada pela casa e seus detalhes, nada de mais, nem de menos, mas a casa onde como, sento, durmo , penso , sonho, leio, escrevo e amo é uma belezinha e de tanto ir e vir tinha quase me esquecido disto!

Fui ficando cada vez mais apaixonada pelas pessoas que estão a minha volta, por perto ou distantes.

Assim é também na vida, por vezes corremos tanto atrás de ocupações que esquecemos de olhar em volta e perceber o que amamos e quem realmente amamos dentro desta jornada de vida.

Meu convite é este. Parem e observem. Amem cada pedacinho de matéria que os cerca, mas amem também a cada pessoa que os acolhe nestes dias de suas vidas no planetinha Terra.

A foto é de um detalhe da casa em que moro...


um oratório a Kuan Yin, a Deusa da Compaixão.

sábado, 2 de maio de 2009

faróis em nossas vidas...

Existem histórias que ouvimos que nos simbolizam muito


e nos dão grande exemplo.

Compartilho com vocês o que aprendi num documentário de um canal pago:



a história da construção do

Farol Bell rock.

Começa com Stevenson, um homem com um sonho. Autodidata, ele se compadece das muitas mortes ocasionadas por um recife no mar que se esconde na maré alta provocando muitos acidentes com naufrágios e mortes num mar congelado de frio.

Stevenson com seu sonho não se desanimou diante de tantas negativas ao seu projeto inovador, a construção de um farol suficientemente forte que pudesse se defender contra marés revoltas durante tempestades muito freqüentes da região.

Depois de muitas negativas, ele consegue o aval para construí-lo, com alguns homens, indo e vindo ao recife, dia após dia e trabalhando somente com picaretas, pois a pólvora poderia danificar a base do futuro farol.

O estímulo destes homens e a proteção requerida se deveram a uma grande FÉ de que o Grande Criador estava a favor do que faziam e da GRANDE UNIÃO destes homens de tão diferentes formações por UM BEM COMUM.

Um farol é um sinal de Luz para o Homem


que está precisando de rumo no mar.

Somos também faróis em muitos momentos para as pessoas que conhecemos e estas são também nossos faróis...

Seguir um farol de Luz...

Este é meu convite de reflexão a cada um que me lê hoje.

Ah, e o farol está lá... vai maré, vem maré, desde 1811!

Que nossos sonhos sejam assim,


concretizados e mantidos como o farol Bell rock!

Que as pessoas – faróis também se mantenham sempre acesas em nossas vidas para nos dar o rumo do caminho quando estivermos meio perdidos nas tempestades da vida...



E que sempre tenhamos sensibilidade o suficiente para percebê-las em nossas vidas!


Obs.: o canal History Channel...

obs.: a foto é da Torre Eifelll que não deixa de ser um farol na cidade luz>

segunda-feira, 27 de abril de 2009

caminho dos anjos...


Tenho uma irmã danadinha que passeia por aí pelo mundão e deixa fotos para que eu roube, assim, como se ela não quisesse querendo... assim sem permitir , permitindo, pois, avisa onde estarão e como estão bonitas as tais fotos, sabe como?

Hoje acordei novamente com anjos na cabeça, estou em dias de só deitar pelo repouso temporário e só os anjos pra me darem forças porque quando a gente precisa deitar o que menos queremos é deitar,não é assim?

Pois, a foto que minha irmã deixou sem querer pra eu usurpar desta vez é uma linda foto de um lindo caminho que juro, só de olhar eu fui nele, senti seus aromas, a temperatura ambiente, a claridade do sol e o poder curativo de todas as plantinhas de vários tons ao redor...

Um caminho dos anjos, sem dúvida, vejam por si mesmos e comprovem se não é um caminho onde devem estar vários anjinhos, fadas , gnomos, duendes, sílfedes, enfim, a galera toda que só é invisível porque assim ainda achamos, porque de bobos eles não tem é nada...

Este é meu convite de hoje, que possamos juntos trilhar caminhos de anjos, fadas, gnomos, duendes, sílfedes, ondinas... todo este mundo a parte que faz parte de nosso mundo, com certeza e que pode nos fazer sermos mais leves em nossos passos e em nossos caminhos por aí!

Olhem bem para este caminho.
Respirem-no!
Sejam este caminho mesmo que por alguns pequenos segundos...
Depois me contem os resultados!

sábado, 25 de abril de 2009

convite a meditação hoje 17h30...


Hoje resolvi meditar... não tinha muito mais o que fazer, além de ouvir os pássaros cantarolantes lá fora, as crianças rindo lá embaixo com suas idéias infantis e eu aqui entre laps e tops... de castigo mais ou menos por um dodói passageiro que tem tempo e hora pra acabar, benze a Deus este tempo dos homens que nos atropela e sufoca vez em quando!

Por isto , hoje resolvi meditar, e meditar com hora marcada já que vivo em tempo de horas , meditei já pela manhã, meditação gostosa, pensando em chamar urubu de meu louro, e em vez disto, chamei meu dna que me anda dando trabalho e pedi uma troca ao bom Deus: que ele me traga aquele tal dna primordial, aquele dos tempos antes da maçã porque tudo isto é passado então, se é passado posso ser absolvida disto também.

Pois bem, que me traga , ó bom Deus e boa Deusa, o DNA primordial, aquele sadio que vem de Ti e me troque este todo bichado porque não agüento mais tantas xurumelas destes tempos, quero ficar sadia por mais tempo, bendito e amadado tempo dos homens, porque dizem que o tempo urge e eu sinto uma pressa tão grande de correr em busca de tudo que só uma outra boa sagitariana me entenderia, ou algum ariano ou ariana que também tem pressa,( né Cláudia?) de conseguir chegar aonde teremos paz de verdade, ou seja, quando chegarmos bem dentro da paz de nossos corações.

Hoje resolvi meditar, e só por isto, convido a todos para meditarem comigo mais uma vez, lá pelas 17h30 deste dia ensolarado... pelo menos por aqui, porque disseram que esta hora será mágica, então, como de magia eu gosto, já que meu ascendente é peixes e sou toda sensível a tudo isto que vem do cosmos...bem... chega de papo, hoje, sábado, 25 de abril de 2009, pare o que faz e medite comigo, do jeito que quiser, do jeito que vier... estaremos juntos mais uma vez em coração!

domingo, 12 de abril de 2009

um dia, um presente





Um presente


Tenho pensado num presente, o que dar pra alguém querido como você...


Pela manhã acordei e, abrindo meus olhos, percebi que o primeiro presente que gostaria de te dar era a capacidade de ter seus olhos bem abertos, não que com isto estivesse dizendo que os seus não o são, nada disto! É que,mesmo os meus que são grandões,

na maioria das vezes não vêem o que realmente é importante...


Mas, o que seria importante?


Aí uma dúvida, um problema e não um presente.


Então, este primeiro presente acaba não valendo como tal, né?

Gostaria também de poder te dar o prazer de sentir o calor do sol em sua pele, este calor que nos faz lembrar que estamos vivos, ou então, a sensação do vento em seu rosto, aquele vento forte de outono, aquela brisa marota de verão, ou mesmo aquele vento cortante de inverno, todos eles que nos fazem sentir que a liberdade é um bem humano, mesmo que a liberdade seja um sopro em nossos pensamentos ainda limitados.

Um outro presente bom talvez fosse a sabedoria que poderíamos retirar da areia da praia ao pisarmos nela.


A lembrança eterna que a cada passo,

uma marca é feita e muitas desfeitas pela espuma do tempo.


A satisfação através da água, de bebê-la, de senti-la através dos pingos de chuva, o frescor do viver, a perpetuação das espécies,

a purificação de um banho, o simples prazer na água.


A magnitude que a Lua Cheia nos traz em sua grandeza sobre nosso mundo ...até a solidão que esta nos traz...a eterna confirmação de que estamos sós sempre...e que estamos sós sempre...

e que devemos ser,nós mesmos, nossa melhor companhia e que esta companhia pode e é muito boa.


Muito mais poderia listar como presentes mas, aí , percebi que nada disto tem valor sem algo que, na verdade, é o mais importante e é o que nos faz perceber todo o resto à nossa volta... o amor...


Amor de verdade, sem compromisso, sem entrega e sem cobrança, aquele tal amor do Criador, coisa que o homem procura em várias religiões, seitas, fraternidades, filosofias, ciências e etc ( mesmo com toda a sua racionalidade de Homo sapiens, o próprio homem seria incapaz de pensar, sem amor ao próprio pensamento...).


Amor, aquele sentimento que a gente perde e ganha com a rapidez de segundos , mas que se for amor, persiste onde quer que estejamos, nos preenchendo e nos nutrindo e nos impulsionando com a vontade de compartilha-lo com com o próximo ao lado.


Amor, este sentimento que nos faz sentir ENORMES diante do mundo porque nos faz sentir que fazemos parte dele...


Sem amor, todo o resto nada valeria.
Sem amor, como seria?

obs. este foi um presente dado há um tempo a um amigo eterno... e tempo é algo instável e não mensurável menor, muito menor que o Amor... portanto, lembrando-me deste presente dado um dia, resolvi dar este mesmo presente ( que este amigo me perdoe o compartilhar...) para você que está comigo hoje me lendo ...


obs. 2: as campanhas por ciclovias nas cidades brasileiras continuam... adquira o seu adesivo aqui em São José dos Campos ou faça o seu em sua cidade! entre em contato!


postos de venda em São José dos Campos,em ordem alfabética pra ninguém ficar tristinho comigo:

· Bike Brasil –Av. Shishima Ifumi, 2096- Urbanova
· Bike Joe –Loja 1 Av Adhemar de Barros, 645- V. Ady AnnaTel 39214105
Loja 2 Av. Paulo Becker, 151, loja 3 – V. Ady AnnaTel 32079993
· Mercurial –Pharmacia de Manipulação Homeopática e Antroposófica
Rua Santa Luzia, 19 – V. EmaTel 3923 1600
· Pró Bike –Rua Casemiro de Abreu, 270 – Jd MaringáTel 39229279
· Plural Café Jd Maringá
· Terapia Regressiva
Rua Coronel José Domingos de Vasconcellos, 230, sala 03Tel 39136028


a arte do adesivo foi feita pelo Netto da Up signs...quer participar?deixe um comentário pra contato(podemos enviar a arte...)ou vá às lojas amigas e adquira o seu adesivo "kdê as ciclovias?" !



quinta-feira, 9 de abril de 2009

um sonho na lua Cheia de Áries...



Durante a silêncio, o nada reaparece, é um negro nada que se soma a imagens sobrepostas de tons variados de violeta a roxos infinitos.
Movimentos de expansão dos tons onde se colocam nas extremidades duas esferas violeta-azuladas e no centro uma amarelo –dourada que se expande e se contrai lentamente.
Entre as imagens que vem e vão, estas esferas vem e vão também, como se fossem o intervalo de imagens mais detalhadas que aparecem a seguir.
O planeta Terra se mostra ao longe, com inúmeros botões de flores amarelas que se abrem sucessivamente por toda a sua extensão.

Um grande templo se apresenta, etérico, sem que eu consiga perceber muitos detalhes, somente como se a imagem da construção estivesse cortada pelo meio e a visse desta perspectiva enquanto muitos seres humanos chegam com suas vestes brancas longas, como camisolas de mangas longas e decotes redondos, as roupas são todas iguais, mas as pessoas não, são de diversas nacionalidades e se apresentam emocionalmente de diversas maneiras, porém, todos conscientes do chamado e por isto estão ali.
Alguns já sentados,outros ainda em pé e parados e outros ainda chegando ao local.

Na frente de todos estão os Mestres da Grande Fraternidade Branca e outros Mestres que desconheço, mas sei que o são, seres que já passaram por tudo o que ainda passamos e conseguiram atingir sua própria maestria através do centramento.

Nas laterais do templo, grandes anjos que portam grandes asas de tonalidades de diferentes azuis pastéis de braços abertos como se abraçando a todos ali presentes num grande e protetor abraço coletivo.

Entre os Mestres, reconheço Confúcio, Kuthumi e El Morya, é Confúcio que se adianta para falar e instruir a todos, depois é Kuthumi que se aproxima com a mesma função. Não consigo perceber o que é dito, pelo menos conscientemente, mas percebo que é uma longa palestra que é dada a todos que estão muito atentos a todo o ensinamento.
A certeza que fica é que todos sairão diferentes do que chegaram, mesmo sem ter a consciência de todo o processo.

Olho para o céu e vejo, este é o início da Lua Cheia de Áries de 2009.

domingo, 5 de abril de 2009

Folhas caindo e a gratidão...

Esta semana foi a semana de observar folhas caindo...
Já tive dias em que vi uma folha caindo na minha frente e me senti mais desanimada, vendo ali o símbolo do fim, me sentindo mais “acabada” e sem esperança.
Outro dia me veio a lembrança da roda da vida.
Vendo a folha que caía pensei no círculo que une vida e morte dentro da natureza da Terra e da natureza do Homem.
Esta semana foi diferente.
Vi uma folha caindo mansamente à minha frente num dia e uma gratidão gostosa veio em meu coração pois, tive a oportunidade não só de poder ver a folha caindo naquele exato momento, como também pude perceber a magnitude da sincronicidade do ato em si.
No dia seguinte, novamente uma folha se desprega de seu galho no quase exato momento em que passo e assim, mais uma vez sou grata por poder contemplar seu bailado até o chão, aos meus pés.
Dois dias se passam e novamente, outra folha resolve cair quando passo e aí, não consigo mais deixar de sorrir e pensar na baita “coincidência” de um fato tão simples , mas tão digno de nota se repetir na mesma semana comigo.
Nem sei mais quantas folhas caíram na minha frente esta semana, perdi a conta, só não perdi a sensação de vista.
Afinal, esta folha fez parte de uma árvore, que precisou crescer e que um dia, com toda sua força de impulso conseguiu eclodir de semente a folha e caule e galhos até chegar o tempo exato da folha que caiu na minha frente.
Já disse que acredito em mensagens que podemos “ler” nas mínimas situações.
Já disse que acredito em anjos e tenho comigo que certas mensagens que se escondem nas “coincidências” são, de fato, mensagens de anjos para todos nós.
A folha caindo uma vez, duas, três,quatro e nem sei mais quantas vezes bem na minha frente nesta semana me fez entender que tudo o que vivemos é maior e mais passível de gratidão do que imaginamos.
Mesmo quando muito existe a nossa volta para nos aborrecer, magoar ou nos entristecer e preocupar, todas estas alternativas são exclusivamente uma escolha nossa.
A folha que cai me fez começar a agradecer a possibilidade de vivenciar o seu bailado e seu pouso e assim, a mudança de expectativa mudou meus pensamentos.
A folha que cai me fez agradecer pequenas situações da minha vida e grandes também.
Meu convite hoje é este para todos nós, que possamos observar mais as folhas que caem e agradecer a oportunidade que se manifesta para nós nestes momentos.
O resto que nos entristece pode até continuar existindo, mas se pudermos ser mais gratos com o que de bom acontece a nossa volta, vivenciaremos tudo com mais alegrias e leveza e aposto que soluções surgirão mais facilmente para todo o resto...

obs.1: a campanha dos adesivos em prol das ciclovias continua... veja os pontos de venda nas demais mensagens do blog!adquira o seu e ajude a espalhar a idéia!
obs.2: pra quem é de São José dos Campos.. uma dica especial de um lugar pra lá de original e com uma cozinha peculiar e carinhosa em seus detalhes... é o Quiosque Philosofhy... no Jardim Maringá...
Telefone para reserva: (12) 3322 - 4692.
Rua Fagundes Varela, 141
dia destes passei lá com uma baita dor de cabeça e tomei um suco preparado pela Bel... suco zen... que delícia de suco!...mas lá tem muito mais... almoço, lanches, pães integrais, empanadas...hummm!

sábado, 28 de março de 2009

Luz própria...



Tanta coisa acontece num dia só neste planeta... poucas acontecem globalmente.
Hoje todos que estiverem sintonizados com o Amor à Mãe Terra apagarão as luzes de seus lares, empresas, cidades apagarão alguns setores como monumentos... por uma pequena e simbólica hora.
Acho emocionante pensar nisto acontecendo por toda a parte e sei que muitos também sentem assim, como que realmente conectados nesta grande rede de Luz e Amor.
Hoje é dia de praticarmos a conexão nossa com nossa própria Luz! Hoje e todo dia, né?rs
E o que mais refletir sobre isto?
Pensei em escrever sobre o AMOR que une as pessoas e na CURA que este AMOR manifesta sem sabermos em quais níveis estamos sendo CURADOS.
Fico feliz sempre quando penso nesta capacidade que o amor tem, mesmo que a distância, de manter unidos corações que se amam, mesmo aqueles que se distanciam por inúmeras razões, razões estas que só mesmo o amor para explicar...
Existem também aqueles que não se distanciam, mas somente vivem distantes fisicamente por questões da vida e do fato deste mundão ser tão ser grande...
Há também aqueles que se distanciam porque falecem, estão em dimensões diferentes como costumo pensar, mas nem por isto o AMOR que nos uniu a eles é menor...
Pois, nossa Luz Própria está aí inserida, neste AMOR colossal que é capaz de tantas uniões e curas e libertações através destas curas!
Hoje é dia de dar um tempo com a luz artificial, mas façamos de hoje um teste de introspecção e reflexão e que a partir daqui, desliguemos mais vezes as luzes artificiais que clareiam nossos ambientes... em prol de acendermos nossos corações no AMOR acendendo assim, nossa Luz Própria cada vez mais!
a pintura representa a pomba, símbolo muito conhecido do Divino Espírito Santo que é a representação do Puro Amor Divino que nos ampara em todos os momentos de nossas vidas... a pintei com muito AMOR... pedi a uma tia que a benzesse com suas lindas orações, pois acredito no AMOR que ali ficou representado e a dei de presente, porque mais gostoso que tudo é poder compartilhar simbólicamente tudo o que eu gostaria de dar para todos os que estão distantes e amo imensamente... através deste quadro-presente...
Obs:Um outro convite é para a participação pela existência de ciclovias em sua cidade... será o adesivo que teremos pra você adquirir... pelo preço de custo , somente mesmo pela vontade de fazer um lembrete pela nossa qualidade de vida !adesivo este que pode ser usado por todo o Brasil...unindo-nos todos no detalhe de lembrar que ciclovias sãoum direito de todos que amam esta linda terra brasileira...e este lindo planetinha Terra...porque viver na prática a sustentabilidade é um detalhe pra lá de bom pra que a gente faça não mais a diferença,mas pra que façamos todos a UNIÃO pelo AMOR AO NOSSO PLANETA TERRA!se quiser entrar nesta...é só escrever e se candidatar !este adesivo é uma iniciativa privadaIdéia esta não ligada a fins lucrativos nem entidades, algo mesmo pra que todos possam participar pelo amor à bicicleta!Você participando também será muito melhor e mais efetivo!Aqui estão os endereços dos postos de venda que são amigos da idéia emSão José dos Campos-SP que são por enquanto...em ordem alfabética pra ninguém ficar tristinho comigo...
· Bike Brasil –Av. Shishima Ifumi, 2096- Urbanova
· Bike Joe –Loja 1 Av Adhemar de Barros, 645- V. Ady AnnaTel 39214105
Loja 2 Av. Paulo Becker, 151, loja 3 – V. Ady AnnaTel 32079993
· Mercurial –Pharmacia de Manipulação Homeopática e Antroposófica
Rua Santa Luzia, 19 – V. EmaTel 3923 1600
· Pró Bike –Rua Casemiro de Abreu, 270 – Jd MaringáTel 39229279
· Plural CaféJd Maringá
· Terapia Regressiva
Rua Coronel José Domingos de Vasconcellos, 230, sala 03Tel 39136028
a arte do adesivo foi feita pelo Netto da Up signs...quer participar?deixe um comentário pra contato(podemos enviar a arte...)ou vá às lojas amigas e adquira o seu adesivo "kdê as ciclovias?" !

terça-feira, 17 de março de 2009

hoje, chuva e paz!

Hoje, dia quente banhado de chuvinha por todo lado, chuva forte, chuva fraca , chuva fria, chuva chata ou gostosa... todas as espécies de chuva que dependem exclusivamente de nossa escolha...
A minha escolha foi por uma chuva fria, mas gostosa, daquela que dá vontade de se ter um canto pra aportar depois, tomar algo quentinho e pensar o quanto se é feliz por ter o que pode parecer tão pouco e ao mesmo ser tanto num dia destes!
Antes de ir pra casa duma vez, fui me encontrar com uma visita que estava na casa da minha mãe.
A visita era nada menos que a moça que ajudou a me criar pelos meus primeiros 13 anos, pois foi o tempo em que trabalhou na casa dos meus pais, cresceu lá também e manteve amor e respeito por nós como também nós todos por ela.
Agora já é avó, tem alguns cabelinhos brancos e muitas histórias pra contar.
Ela hoje me disse a coisa mais linda que alguém pode dizer sobre si mesma:
“Hoje estou em paz comigo mesma, estou feliz! Tudo o que já passou em minha vida, passou, sinto uma paz que nem sei explicar...”
Também eu não tenho palavras pra explicar a alegria em sentir estas palavras como pura verdade de uma pessoa que admiro muito e que sei, já passou por muita coisa nesta vida...
Hoje escrevo pouco, quero curtir mais a chuvinha e estas palavras que ressoam dentro do meu coração me trazendo também a paz da qual ela se referiu.
Hoje sou paz pois, presenciei a paz em alguém que muito amo!
Agradeço a chuva, ao sol de cada dia,agradeço à lua e às estrelas... a Tudo e ao tempo, grande sábio que pode ser a alternativa que temos de curar tudo o que um dia nos fez aprisionar a nós mesmos em dores e sofrimentos.
Meu convite singelo é que todos possamos juntos dizer em uníssono:
HOJE SOU PAZ!
Será em uníssono , tenho certeza disto, pois, na linguagem do coração , não existe passado ou futuro, existe somente a imensidão do AMOR que nos une a todos...este sim, o presente eterno em que podemos escolher viver!
A foto deste por do sol é mais um presente que nos demonstra o grande amor que existe ao nosso redor, só precisamos fazer boas escolhas, abrir olhos e corações pra ver e sentir toda a lindeza deste nosso Universo!


Obs:Um outro convite é para a participação pela existência de ciclovias em sua cidade... será o adesivo que teremos pra você adquirir... pelo preço de custo , somente mesmo pela vontade de fazer um lembrete pela nossa qualidade de vida !adesivo este que pode ser usado por todo o Brasil...unindo-nos todos no detalhe de lembrar que ciclovias sãoum direito de todos que amam esta linda terra brasileira...e este lindo planetinha Terra...porque viver na prática a sustentabilidade é um detalhe pra lá de bom pra que a gente faça não mais a diferença,mas pra que façamos todos a UNIÃO pelo AMOR AO NOSSO PLANETA TERRA!se quiser entrar nesta...é só escrever e se candidatar !este adesivo é uma iniciativa privadaIdéia esta não ligada a fins lucrativos nem entidades, algo mesmo pra que todos possam participar pelo amor à bicicleta!Você participando também será muito melhor e mais efetivo!Aqui estão os endereços dos postos de venda que são amigos da idéia emSão José dos Campos-SP que são por enquanto...em ordem alfabética pra ninguém ficar tristinho comigo...
· Bike Brasil –Av. Shishima Ifumi, 2096- Urbanova
· Bike Joe –Loja 1 Av Adhemar de Barros, 645- V. Ady AnnaTel 39214105Loja 2 Av. Paulo Becker, 151, loja 4 – V. Ady AnnaTel 32079993
· Mercurial –Pharmacia de Manipulação Homeopática e AntroposóficaRua Santa Luzia, 19 – V. EmaTel 3923 1600
· Pró Bike –Rua Casemiro de Abreu, 270 – Jd MaringáTel 39229279
· Plural CaféJd Maringá
· Terapia RegressivaRua Coronel José Domingos de Vasconcellos, 230, sala 03Tel 39136028
a arte do adesivo foi feita pelo Netto da Up signs...quer participar?deixe um comentário pra contato(podemos enviar a arte...)ou vá às lojas amigas e adquira o seu adesivo "kdê as ciclovias?" !