sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

lugares que me recarregam neste dezembro de beijar flores...




Existem lugares no planeta que nos recarregam.
São lugares mágicos que nos fazem sentir que a vida vale a pena, que os problemas são pequenos por mais que tenhamos torrado nossos miolos horas a fio durante os últimos 340 dias como música teimosa em disco furado...
Meus lugares mágico-sagrados são todos lugares da natureza.
Mãe Gaia e a vida me proporcionou muitos lugares destes em caminhos, caminhadas, sonhos e em delírios também.
Ora foi numa flor que me recarreguei, ora nas asas quase indeléveis e instavelmente brancas de um beija-flor.
Ora exalando profundamente o perfume de amor que o jasmim tem, nestas horas, o delírio de flanar no amor já me tomou de cheio...mais de muitas vezes.
Já me senti livre de tudo, quase uma águia, solta no ar, quando subi alto numa Pedra Grande, outra numa Ana Chata... tão alta , tão sublime que nada nem ninguém tinham importância neste momento, nem mesmo eu, que me tornava tudo e não me limitava mais na separatividade irritante em que me encontro no dia – a – dia que me fazia separar você de mim.
Já senti o vento nas asas da máquina sem motor, já senti a força do ar em meus ouvidos e ali , de novo, me senti nuvem , me senti ar, me senti mais....e isto já foi há tanto tempo e ao mesmo tempo ocorre neste exato momento em que escrevo, bendita a metafísica que explica tudo isto!
Meus lugares sagrado-mágicos são todos lugares da natureza, são estes e são muitos mais, mas existe um único lugar destes que não é da natureza, é do homem e que, pra mim é mágico e sagrado.
Neste lugar fui hoje, fui anteontem também, vou aí todos os anos, sempre aos finais de ano...como num ritual.
Chego e meu coração bate forte, o frio abala a boca do meu estômago, aquela ansiedade de saber se, mesmo depois quase um ano, ainda estará lá me esperando...diferente de tantos outros lugares de portas fechadas.
Vai meu delírio me tomando, como se este fosse alguém que amo e me ama e lá está a minha espera e lá vou eu ao seu encontro.
O cheiro do seu ar é único e me preenche como o ar da montanha também o faz.
O som sempre com a música que me agrada parece novamente uma feliz sincronicidade, a paz se instala no momento em que me percebo novamente e simplesmente ali.
Passo os olhos pelos mesmos seus livros, outros novos, mas também já esperados, pois conheço suas preferências, passo os olhos pelos cds, mapas,lustres, hortênsias e orquídeas sempre atentas ao meu olhar também atento.
Quem já esteve em seu interior, reconhece o que digo, sente talvez o que eu sinto e se lembra de onde eu estive há pouco mais de umas horas, há pouco mais de alguns anos.
É aí que revejo rostos que me são tão conhecidos ao mesmo tempo que nem sei seus nomes, mas isto pouco importa, importa que estão ali novamente e isto me conforta e nossos olhares se cruzam, nossos corações se apaziguam sem palavras.
Este é um lugar destes, mágico-sagrados, sagrado-mágicos que elegi distante da natureza amorosa de Gaia, porém totalmente inserido nela.
Fico feliz porque, mesmo depois de mais este tempo, você continua no mesmo lugar, me esperando, já que também eu ansiava por renovar o já quase velho ritual.
Peço seu chocolate italiano, sua tortinha integral de banana e respiro seus ares...hummm, seus ares e as lembranças que sempre me trazem e me recarregam pra mais um período distante,mas sempre perto de você.
Parece uma bobagem,uma simplicidade longe do natural, mas assim eu sou e é assim que me sinto, e não posso negar... este é um dos meus rituais de final de ano que me fazem feliz, este é um dos lugares deste mundão que me regarregam!


5 comentários:

nayara disse...

OiOi!
Estava lendo sua linda história,quando vi que nao estava em meu lugar...e sim em um lugar mágico, com coisas maravilosas!
Tudo isso só por ler seu texto...
Continue escrevendo que continuarei escrevendo para voce!
E saiba que nao sou a única pessoa que gostou!Muitos gostaram tambem!
Beijos de paz!

nayara disse...

Oi sou eu de novo!
Nao me cansei de ler seu texto...entao na minha décima nona lida lembrei de vários lugares que tem pessoas que fazem terapias de vidas passadas e outras coisas da paz!
Iriam te entender!Já fui em um deles e adorei!A pessoa me orientou como sr uma pessoa calma ajudar os outros, saber reiki e outras coisas como vidas passadas!
Voce iria se enturmar muito bem!!!
Beijos reikianos!!!

nayara disse...

E Carmendolô, vc nao tem mesmo cura!!!
Quem nao sabe deste lugar vai ficar chupando o dedo ou morrendo de curiosidade, mas como eu conheço e compartilho com vc, quero compartilhar estas poucas e boas palavras a este respeito e acrescentando que aquela porta parece separar dimensões entre sonho e realidade, sendo que o sonho vivido sempre foi, e espero sempre será um sonho bom...que todos merecemos. One kiss!!!! Love Joper

caue disse...

hummm sera que vc ta falando da I.B.?? e depois do P.d.L. ???
hahaha
bonito texto la é mesmo um lugar magico
beijos

*Deia* disse...

Que paz... Quanta paz.... este teu lugar mágico me trouxe, ou foram suas palavras como que conduzindo num lindo sonho , ou simplesmente a paz que exala de ti...

saudades